A cobertura de uma habitação nem sempre recebe a atenção que merece. É um dos pontos mais críticos do edifício, e é por isso importante ter em consideração os benefícios que os seus produtos devem ter, que determinarão o seu comportamento em relação a agentes externos. Vamos verificar detalhadamente cada um desses benefícios:

Estanqueidade

A função mais evidente que deve cumprir uma cobertura é proteger-nos da chuva e da neve. Para garantir isso, é imprescindível instalar lâminas ou bandas impermeabilizantes.

Na hora de impermeabilizar a cobertura há que dedicar especial atenção aos encontros e pontos singulares da mesma, que são altamente vulneráveis a esse respeito, como são as cumeeiras, ou os encontros com chaminés e acessos.

Isolamento Térmico

A seguinte função fundamental é proteger-nos do frio e do calor. Numa cobertura, tanto plana como inclinada, é fundamental incorporar um isolamento térmico, seja de poliisocianurato (PIR), poliestireno expandido (EPS), etc. Também é decisivo que o isolamento cubra toda a superfície da maneira mais contínua e completa possível, para minimizar pontes térmicas. Além disso, alguns isolamentos térmicos instalados na cobertura possuem também excelente capacidade de isolamento acústico.

As coberturas inclinadas microventiladas contribuem para a regulação higotérmica do edifício, uma vez que a circulação de ar sob as telhas amortece as mudanças de temperatura e ajuda a eliminar as condensações.

Por outra parte, as coberturas ajardinadas também podem ajudar a regular a temperatura do interior da habitação, dado que a capa vegetal absorve uma parte da temperatura exterior, impedindo a sua transmissão ao interior do edifício.

Resistência mecânica

Os requisitos da resistência mecânica podem variar bastante, dependendo do uso que se queira dar à cobertura. Alguns são óbvios: uma cobertura deve ser capaz de suportar o peso dos seus próprios materiais e peso da neve que pode acumular sobre eles. Além disso, no caso de coberturas planas transitáveis, deve resistir ao peso das pessoas, e inclusive dos veículos, no caso de coberturas de estacionamento.

Agentes externos

Os agentes atmosféricos são um dos elementos a ter em conta na hora de definir uma cobertura e estes fatores climáticos dependem amplamente da localização do edifício. Por isso é muito importante levá-los em consideração desde o início do projeto.

  • Resistência ao vento

Ao escolher os materiais para uma cobertura e o seu sistema de fixação, é necessário levar em consideração o nível de exposição ao vento do local específico onde o edifício estará localizado. Algumas são áreas protegidas, por exemplo, localizadas numa cavidade rodeada por colinas, enquanto outras, como o litoral costeiro ou as montanhas, são frequentemente expostas pelo vento.

No caso das coberturas inclinadas, as telhas e peças devem ser fixadas com parafusos e outros elementos de fixação. O número e a posição das telhas a serem fixadas dependerão do tipo de telha e da inclinação do telhado. Nas coberturas planas, existem diferentes tipos de soluções para impermeabilização de capas, desde as de fixação mediante faixas adesivas, até às de fixação mecânica ou impermeabilização líquida, o que resulta numa superfície contínua.

  • Resistência às geadas

Isso é especialmente crítico no caso das telhas, pois sendo feitas de cerâmica ou cimento, ambos materiais porosos, a água entra nesses poros e, quando congela, o seu volume aumenta. Este fenómeno, conhecido como congelamento, pode enfraquecer a estrutura das telhas, causando rachas e até ruturas. Por esse motivo, em áreas de geada frequente, é necessário escolher telhas muito pouco porosas, capazes de resistir muitos ciclos de congelamento e descongelamento.

  • Resistência ao fogo

Por último, a cobertura deve estar protegida  contra faíscas acidentais, raios, etc. portanto, é importante que os materiais que a cobrem sejam à prova de fogo.

Este é um resumo dos benefícios que qualquer cobertura deve ter para oferecer a maior segurança e tranquilidade para aqueles que vivem sob a mesma. Leve-os em consideração ao planear o projeto da cobertura da sua casa ou para reabilitá-la,  e obterá a cobertura perfeita

Partilhar

Share on linkedin
LinkedIn
Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter

Leave a Reply